9 dicas de estudo que funcionam

Estudar de forma eficaz não é uma questão de oportunidade. Professores e psicólogos têm pesquisado métodos de estudo há anos. Alguns dos melhores métodos vêm das melhores universidades como Stanford, Indiana e Chicago, onde experimentos precisos com grupos de estudantes deram início aos sistemas mais eficazes, que fazem com que eles aprendam com mais facilidade e poupem valiosas horas.

Conheça 9 métodos de estudo descobertos por pesquisadores e que funcionam de verdade:

 1. Fazer e seguir um plano de estudos

Separe algumas horas de cada dia para os estudos, assim como você faz para se alimentar e dormir. Mantenha o cronograma fielmente. A quantidade de tempo necessário para o estudo irá variar de pessoa para pessoa, dependendo das habilidades de cada um sobre o tema. Recomenda-se uma média de 2 horas de estudo por dia, para cada 1 hora de aula. E isso é apenas o começo. O verdadeiro trabalho vem depois!

2. Estudar em um ambiente apropriado – Same Time, Same Place, Every Day (Mesmo horário, mesmo lugar, todos os dias).

Se a concentração é o seu problema, então o ambiente certo irá ajudá-lo muito. Sua mesa de estudo deve estar em um lugar calmo – livre de tantas distrações possíveis. Você se concentra melhor quando estuda no mesmo lugar todos os dias. Por exemplo, quando você se senta na mesa da cozinha, você espera comer. Quando você se senta em uma poltrona, assiste à TV, etc. Desenvolver o hábito de estudar no mesmo lugar e no mesmo horário todos os dias, vai melhorar sua concentração.

3. Equipar sua área de estudo com tudo que você precisa

Sua mesa de estudo deve ser equipada com todos os materiais que você pode precisar para completar a tarefa, por exemplo: lápis, canetas, borrachas, clipes, grampos, dicionário, lanches, bebidas, etc. Levar seu lanche e bebidas para o local de estudo vai ajudar a acabar com as idas intermináveis ​​à cozinha que quebram a sua concentração. Para algumas tarefas você pode exigir uma calculadora ou outros suprimentos. Com o material à mão, você irá estudar sem interrupção.

Importante! Se você tem costume de mexer no celular com frequência, deixe-o de lado. Você pode retornar as chamadas e mensagens depois de ter terminado os estudos.

4. Não depender de inspiração para motivar-se

Você consegue imaginar um atleta em treinamento à espera de inspiração para preparar-se para um evento ou entrar em ação? Claro que não. Eles treinam diariamente para manter-se competitivo, querendo ou não. Como um atleta, você deve estar em constante treinamento para testes e exames, seguindo seu plano de estudos e fazendo simulados diariamente, para estar pronto para o grande dia.

5. Manter as anotações bem guardadas

Pesquisadores afirmam que há definitivamente, uma relação entre organização e notas altas. Saber onde encontrar seus materiais quando você precisa deles é crucial. Manter uma seção especial para cada assunto em seu caderno, bem como, um calendário para que você possa anotar todas as matérias importantes já estudadas e como elas estão nomeadas. Ter todas essas informações em um só lugar é vital para o seu sucesso. Um caderno de anotações bem dividido e organizado é sinônimo de uma boa gestão do tempo. Se você alguma vez perdeu uma anotação importante de uma aula, já sabe quanto tempo valioso pode ser perdido procurando por ela.

6. Fazer uso de “Flash Cards”

Cartões de memória flash não são apenas para as crianças! Eles são uma ferramenta de estudo legítima. Use a parte dianteira do cartão para escrever um termo importante, e a parte de trás, para escrever uma definição ou um fato importante sobre esse termo. Leve seus cartões com você. Use-os durante o “tempo morto”, como quando está esperando em um consultório médico ou no escritório do dentista, andando de ônibus, ou no bando do passageiro do carro. Você ficará surpreso com o quanto você pode realizar durante esse período.

7. Fazer de boas anotações um seguro contra o esquecimento

Aprenda a fazer anotações eficientes quando seus professores enfatizarem pontos importantes nas aulas. Boas notas são um bônus para uma revisão.  Sem anotações, você vai precisar para reler e rever toda a matéria antes de um teste. Isso pode exigir que você um enorme volume de informação para relembrar de uma aula. Com essas anotações, você pode recordar os principais pontos em apenas uma fração do tempo. O tempo que você gasta fazendo boas notas não é perdido, na verdade, é uma economia de tempo.

8. Reestudar o material melhora a memorização

Os psicólogos nos dizem que o segredo para o aprendizado definitivo é o overlearning ou reestudo. Os especialistas sugerem que após conseguir afirmar: “Eu sei esse tema”, que você deve continuar a estudar, esse mesmo material, por mais um quarto de tempo do estudo original. O alfabeto é um exemplo de overlearning. Como você aprendeu isso? Provavelmente através recitação que é a melhor maneira de gravar material no traço de memória. Manipule o material tantas maneiras diferentes quanto possível: escrever, ler, tocar, ouvir e dizê-lo. Em um estudo experimental, os alunos que reproduzem o material de diferentes formas, retêm as informações 4 quatro vezes mais depois de um mês, do que os alunos que não utilizaram essa técnica.

9. Revisões frequentes

Um estudante que não revê o material pode esquecer 80% do que foi aprendido em apenas 2 semanas! A primeira revisão deve vir logo após que o material foi apresentado e estudado pela primeira vez. Revendo cedo funciona como uma salvaguarda contra o esquecimento e ajuda você a se lembrar por muito mais tempo. Avaliações frequentes durante todo o curso trará recompensas na hora da prova e irá aliviar a ansiedade pré-teste.

 

Embora estes 9 métodos de estudo realmente funcionem, há um outro componente necessário quando se utiliza todos eles – assumir a responsabilidade de estudar, seguindo seu plano de estudos. Todos os métodos de estudo no mundo não vão ajudá-lo se você não se ajudar. Tal como acontece com tudo na vida, seu lema deve ser: “Eu sou responsável pelo meu sucesso!”

Com informações de Chandron State College

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *