Acordo ortográfico será adiado por mais 3 anos

0
104

O acordo ortográfico assinado em 2008, que visa a unificar a linguagem dos países de Língua Portuguesa, estava previsto para entrar em vigor, definitivamente, no próximo dia 31. Todavia, seu início foi adiado para o dia 1° de Janeiro de 2016. Segundo o Ministério de Relações Internacionais, a presidenta Dilma Rousseff precisa assinar um decreto ainda no final do mês de dezembro para adiar o prazo, caso contrário, o acordo entrará em vigência na data prevista.

Em reunião realizada com os representantes dos Ministérios das Relações Exteriores, Cultura e da Casa Civil, definiu-se que o acordo começará a valer em um prazo de 3 anos. O objetivo do adiamento é estabelecer um prazo maior para que cada país possa se adequar às exigências gramaticais propostas.

Segundo o Ministério da Educação, Brasil, Guiné-Bissau, Moçambique, Cabo Verde, Portugal, Angola, São Tomé e Príncipe são os países envolvidos no acordo e dessas 8 nações, o Brasil é o que mais avançou na implementação do sistema.

Desde 2009, a nova regra já foi inserida no dia a dia dos brasileiros, modificando livros didáticos e provas como concursos e vestibulares para promover uma mudança gradativa.